top of page

Por que você quer investir o seu dinheiro?

Na semana passada o Banco Central divulgou um saldo recorde na caderneta de poupança, onde o volume de depósitos superou o de retiradas em R$ 27,1 bilhões no mês de julho. Este saldo positivo é o maior saldo para o período desde o início da série histórica, em 1995. O volume somou R$ 972,7 bilhões, ou seja, temos quase R$ 1 trilhão na poupança, um dos investimentos com a mais baixa rentabilidade, entre os produtos que são oferecidos no mercado.

Então vale reforçar uma informação, pois boa parte desses depositantes devem imaginar que a Poupança ainda esteja pagando 6% ao ano mais a variação da Taxa Referencial. ENGANO!!! Primeiro a Taxa Referencial está zerada desde abril de 2017. Então sobrou os esperados 6% ao ano. E aí vem mais uma paulada.

Vale lembrar que, desde maio de 2012, a caderneta de poupança passou a ter a sua remuneração atrelada à taxa SELIC, pagando 70% da taxa, quando ficar abaixo de 8,5% ao ano. Atualmente a taxa SELIC está em 2% ao ano. No aspecto econômico e fiscal esta redução é muito boa, pois reduz o montante de juros que o governo tem que pagar sobre o montante da dívida pública. Já no âmbito de alternativa de investimento, os ganhos possíveis ficaram bem menores. Veja na figura abaixo o comportamento da Taxa SELIC nos últimos anos:


Fonte CORECON


Vamos fazer uma continha rápida?

Se você calcular 2 x 0,7 terá um resultado de 1,4%, ou seja, ao aplicar R$ 1.000,00 por um ano na caderneta de poupança, você terá ao final do período o saldo de R$ 1.014,00. Aí está o grande risco das pessoas deixarem o saldo na caderneta de poupança, como uma intenção de começar a guardar dinheiro, pois ao perceberem esta baixa rentabilidade, provavelmente converterão as reservas em consumo e novamente a inflação pode disparar.

Mas e aí, o que eu faço com o meu dinheiro?


Uma boa parte da população consegue terminar o mês com saldo positivo, pois as despesas ficaram menores que a renda (Ufa!). Primeiro passo do check list ok.

O segundo passo é evitar deixar esse saldo parado na conta, pois aí se corre o risco de gastar e guardar este dinheiro. Vamos então ver se você consegue aplicar o método 50, 30, 20. Vamos supor uma renda líquida de R$ 1.000,00 por mês. Este método é o seguinte: 20% (R$ 200,00) da Renda você destinará para investir (de cara), 30% (R$ 300,00) servirão para os gastos variáveis (àqueles que você pode dizer não, pois não é tão importante) e os outros 50% (R$ 500,00) serão destinados para os custos fixos que você possui (obs. vale lembrar que o custo fixo, não se refere à valor fixo e sim um compromisso que você tenha uma obrigação mensal de pagar). Se você ainda não possui uma planilha clique aqui para baixar sua planilha de orçamento do UOL.

Agora cabe uma pergunta fundamental: Por qual motivo você pretende INVESTIR esse dinheiro? (agora mude o verbo de guardar para INVESTIR). Saber responder bem esta questão FAZ toda a diferença na forma em que você irá conduzir o seu investimento, pois Investir é um ato contínuo de pesquisar, estudar, avaliar, pedir opiniões, conflitar, decidir e acompanhar. Uma consultoria pode me auxiliar ou se eu estudar pelo youtube, livros etc. posso também conseguir? Claro que em ambos os casos você pode passar a investir melhor. Só reforço que a Consultoria é um olhar mais personalizado e contextualizado ao seu perfil, forma de investir e horizonte de tempo. O olhar de fora, sempre pode contribuir para uma melhor decisão e compromisso da sua parte (ex um personal trainer, professor particular, nutricionista etc.). Marque sua primeira consultoria diagnóstica, a qual é gratuita, clicando aqui para obter maiores informações.

A terceira e última questão é como distribuir o seu investimento dentro das opções existentes no mercado como, por exemplo, Tesouro Direto, Fundos de Investimento, CDBs, Ações, Ouro e Dólar. Você conhece o seu perfil de investidor para saber como investir adequadamente? Caso não conheça ainda clique neste link da Capitalizo e conheça o seu perfil de investidor e marque a sua consultoria diagnóstica com a Fluir já de posse desse resultado, pois nas consultorias da Fluir detalhamos todos esses investimentos e realizamos a pesquisa de oportunidades no Banco de sua preferência.

Até o próximo post e vamos ao RESUMO DA SEMANA:

BOLSA DE VALORES

O Ibovespa fechou o dia em alta de 0,89% a 101.353 pontos. Na semana o Ibovespa a perda acumulada ficou em 1,38% e no ano o resultado continua negativo em 12,36% devido os efeitos da pandemia, os resultados dos PIBs trimestrais pelo mundo e a divulgação dos resultados das empresas locais.

DI

Os juros futuros encerraram os negócios desta sexta-feira (14) em leve alta. O mercado projeta o DI para 1,89% em janeiro de 2021, em 2,81 para janeiro de 2022 e 4,01% para 2023.

DÓLAR

O dólar subiu 1,12% nesta sexta encerro o dia cotado a R$ 5,43 porém ficou praticamente estabilizado em 0,27% na semana, 4% no mês e 35,25% no ano.

EMPREENDEDORISMO

A notícia sobre empreendedorismo desta semana, vem da terra do Tio SAM. No segundo trimestre de 2020 foram investidos US$ 34,5 bilhões em startups nos EUA.

EMPREGO

Segundo dados da PNAD, do IBGE, a taxa de desemprego voltou a aumentar na última semana de julho indo para 13,7%, o que equivale a 12,9 milhões de pessoas sem emprego. Durante o período da pandemia, cerca de 3 milhões de pessoas ficaram sem trabalho.

FUNDOS IMOBILIÁRIOS

IFIX: o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários fechou em baixa na última sexta-feira de 0,3% e 2.755,67 pontos.

OURO

A cotação do grama do Ouro sofreu uma queda na semana e fechou com o valor de R$ 338,99. Como parâmetro, em 08 de agosto de 2019 o grama estava cotado em R$ 195,55 o que representa uma valorização de 73,35% no período.

PRODUTO INTERNO BRUTO

Apesar da retomada da economia brasileira em junho, com um crescimento de 4,89% em junho, ou seja, em relação a maio. Porém, no segundo trimestre, a atividade apresenta uma queda de 10,94%. Estes números são do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que aos olhos do mercado financeiro representa uma prévia do PIB.


Uma ótima semana para todos.


Fontes: ANBIMA; Banco Central do Brasil; Bullion-Rates; Capital Research; Capitalizo; CNN Business; Corecon; Dica de Hoje; Faria Lima Elevator; How Much; Nord Research; Suno Research


26 visualizações0 comentário
bottom of page