top of page

Qual a margem de lucro do seu negócio?

"Nenhum piloto sábio falha em utilizar seu checklist, não importa quão grandioso seja seu talento e sua experiência." Charlie Munger


Está aí uma pergunta que todo empreendedor precisa e deve procurar responder, para compreender como está o desempenho da estabelecimento. Sim, vender é essencial e o motivo pelo qual desde um vendedor ambulante até a maior empresa global tem a razão de sua existência.

Ao realizar uma Consultoria, esta questão entra na segunda rodada de conversa, quando vou mergulhar na questão, em entender melhor os custos relacionados ao produto ou serviço que a empresa oferece ao mercado. É interessante perceber como há diferença na percepção sobre o resultado da margem entre a área comercial e o resultado aferido pela parte financeira. E, como em várias situações já presenciadas, as áreas comercial e financeira, não há uma sintonia fina, as informações acabam ficando em mundos paralelos.

Isso ocorre pelos mais diversos motivos como, por exemplo, não saber apurar corretamente que é custo fixo e variável, não realizar as devidas análises das informações contábeis e também em quais situações se aplica o rateio, o que chamamos de Custeio.

As finanças da empresa irão acompanhar todo o ciclo da empresa, desde o ato da compra da matéria-prima, produto ou serviços até o efetivo recebimento desta Venda.

Como fazer então a análise da margem financeira do seu negócio?


Primeiro precisamos compreender que a margem de lucro se divide em três blocos: Margem Bruta, Operacional e Líquida. Aprender a utilizar as informações das demonstrações contábeis e saber avaliar os resultados delas é uma das atividades da área financeira da empresa . Como exemplo sobre como analisar, vamos utilizar como base a DRE Demonstração do Resultado do Exercício da empresa da empresa Magazine Luiza S.A., a conhecida Magalu, ref o 3ºtrimestre de 2020 e o acumulado no ano de 2020 até setembro.


Fonte: B3

MARGEM BRUTA: é o resultado obtido decorrente das vendas e deduzindo os custos da operação. As vendas são o oxigênio da empresa, porém os custos representam a espinha dorsal deste “corpo”.

Neste exemplo da Magalu identificamos a Receita de Vendas (no item 3.01 e em Reais mil) onde, no ano de 2020 até setembro, ela faturou R$ 19.111.320 (obs. como está multiplicado por mil as Vendas foram R$ 19,1 bilhões). Agora o primeiro passo da análise dos resultados será o de verificar o quanto representa os Custos dos Bens e Serviços (item 3.02) em sua operação R$ 14.076.909. Dividindo o Custo pela Receita de Vendas chegaremos a um índice de 0,7366 ou 73,66%. Ou seja, para cada R$ 100, vendidos, R$ 73,66 são para pagar os custos.

Então qual é a Margem Bruta da atividade?

Verifique no exemplo da Magalu que o Lucro ou Resultado Bruto (item 3.03) é R$ 5.034.411 pela Receita de Venda (item 3.01) R$ 19.111.320. O resultado será 0,2634 ou 26,34% transformando-o em percentual.

E qual a aplicação disso para os pequenos e médios negócios?

A margem bruta lhe dá uma noção objetiva do desempenho da sua atividade econômica e o quão competitiva ela está diante da concorrência. É importante nesse tipo de análise você ter alguns benchmarkings (empresas concorrentes que lhe servirão como parâmetro) para verificar se o desempenho do seu negócio está alinhando ou acima com o setor ou se o resultado apresentado está abaixo do esperado.

MARGEM OPERACIONAL: a grande diferença da Operacional para a Bruta, é que agora a você irá precisar apurar as despesas da empresa.

Mas como separar o que é custo de despesa???


As despesas se dividem em três principais itens: Marketing/Vendas; Gerais/Administrativas e Financeiras. Vale a observação que o cálculo dos indicadores também irá utilizar a Receita de Vendas como parâmetro. Exemplo: Se pegarmos, por exemplo, no caso da Magalu as Despesas com Vendas (item 3.04.01) R$ 3.487.191 e dividirmos pela Receita de Vendas R$ 19.111.320 o resultado vai dar 0,1825 ou 18,25%. E você com a sua empresa já parou para calcular qual a despesa mensal com marketing e vendas para manter a sua atividade empresarial?

MARGEM LÍQUIDA: Para calcular a margem líquida é só deduzir o Imposto de Renda e o CSLL, conforme o enquadramento da sua empresa junto à Receita Federal e também dividir pela Receita de Vendas

Quer compreender melhor em como elaborar, avaliar ou mesmo saber interpretar as demonstrações financeiras do seu negócio? Procure a Fluir pelo nosso whatsapp ou nos enviem um email e será uma grande satisfação contribuir com a nossa consultoria ou treinamento, para a melhor compreensão desses dados financeiros. Lembro que a primeira consultoria diagnóstica é gratuita.

Uma ótima semana para todos.


Vamos ao resumo do mercado financeiro da semana:

BOLSA DE VALORES

O Ibovespa fechou a sexta negativa em 0,59% aos 106.042,48 pontos e na semana apresentou uma alta de 5,07%. O mês de Novembro está positivo para Bolsa em 12,87%, no ano de 2020 ainda está no vermelho em -8,3% e nos últimos 12 meses a rentabilidade continua negativa em 2,44%. O volume financeiro da sexta totalizou R$ 27,03 bilhões.

PAGAMENTO DE DARF: Em nosso blog, no dia 24 de Outubro, falamos sobre os BDR´s Brazilian Depositary Receipts e comentamos que, independente do valor da operação, no caso de venda da Ação é necessário recolher a DARF do Imposto de Renda. A XP no relatório Expert desta semana dá uma verdadeira aula sobre como fazer o pagamento da sua DARF nas operações do mercado de ações, além do artigo abordar sua aplicação a vários outros investimentos.

FUNDOS IMOBILIÁRIOS

IFIX: o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários, O IFIX apresentou nesta última sexta-feira (20), uma valorização de 0,05%, fechando o dia aos 2.796,04 pontos. Na semana o índice também fechou com uma alta de 0,04% e no acumulado do mês de novembro e ano de 2020, a variação do índice é de 1,06% e -12,56%, respectivamente. Já nos últimos 12 meses a rentabilidade apresentada é de -2,65%.

DÓLAR

O dólar à vista fechou a sessão de sexta com uma alta de 1,35% com a cotação a R$ 5,3858 na venda e na semana uma queda de 1,63%. No mês de novembro, o dólar enfrenta uma queda de 6,14%. Já, no ano de 2020, acumula uma alta de 33,99% e nos últimos 12 meses uma alta de 28,34%.

OURO

A cotação do grama do Ouro teve uma variação praticamente positiva na última sexta (20) de 1,6% cotado a R$ 323,55. No mês de Novembro o Ouro apresenta uma variação negativa de 5,93%, no ano uma alta de 65,13% e, nos últimos 12 meses, tendo como parâmetro, a cotação em 20 de novembro de 2019 onde o grama estava cotado em R$ 198,53 o que representa uma valorização de 62,97% no período.

PRATA

A cotação do grama da Prata teve uma variação positiva de 1,83% no dia cotado a R$ 4,18. No mês de Novembro a Prata apresenta uma variação negativa de 4,28%, no ano a cotação apresenta uma alta de 80,44% e, nos últimos 12 meses, tendo como parâmetro, a cotação em 20 de novembro de 2019 onde o grama estava cotado em R$ 2,3135 o que representa uma valorização de 80,68% no período.

Fontes: ANBIMA; Bullion-Rates; Capital Research; Capitalizo; CNN Business; Corecon; Dica de Hoje; Faria Lima Elevator; Geekonomics; How Much; Minhas Economias; Nord Research; Sebrae; Suno Research; XP







30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page